Mês

abril 2022

  • Cidades do interior de SP para conhecer no outono

    Em São Paulo, podemos encontrar lugares famosos para aproveitar cada época do ano. No verão, por exemplo, aproveitamos o litoral de São Paulo. No inverno vamos para  Campos do Jordão. Já na primavera Holambra é um destino tradicional. Enquanto isso, o interior de SP no outono é repleto de beleza. 

    O interior de SP no outono traz sua beleza registrada em cidades como Santa Bárbara D’Oeste, São Bento do Sapucaí, Santo Antônio do Pinhal, Piraju, Serra Negra e Itu.

    Nesse texto apresentaremos o que cada uma dessas cidades te proporcionam, desde pontos turísticos, apontando dados sobre segurança e valores e dando informações até mesmo para quem quer morar nessas cidades.  

    Santa Bárbara D’Oeste 

    Santa Bárbara D’Oeste é uma das cidades interioranas com maior destaque no outono. A cidade fica a cerca de 150 quilômetros da Capital e tem todo o charme de uma cidade do interior. 

    A região conta com a influência norte-americana até os dias atuais. Essa influência pode ser vista nas festas organizadas pelo município em homenagem aos imigrantes do norte do continente.

    A parada obrigatória que todo turista deve fazer ao visitar o município é o bairro rural Santo Antônio do Sapazeiro. Neste bairro, é possível apreciar a Igreja que leva o nome do santo, que sedia todos os anos a Festa do Padroeiro.

    Nessa festa, inclusive, é possível experimentar as iguarias locais. Aproveite, também, para conhecer o Parque dos Ipês e o Parque dos Jacarandás.

    Santa Bárbara foi considerada em 2020 pelo Instituto Sou da Paz, a cidade mais segura do estado de São Paulo, o que faz dela uma ótima opção para quem busca uma nova cidade para morar. 

    Outro atrativo é que a cidade tem a nota 7,13 no Ideb, segundo dados de 2019. 

    O mercado de trabalho se mantém aquecido e traz um cenário muito animador para quem deseja se mudar: o município está entre os que mais geram vagas de emprego no estado de São Paulo.

    São Bento do Sapucaí 

    A estância climática que fica a 185 quilômetros da capital paulista, é porta de entrada para a famosa Pedra do Baú, que conta com uma paisagem rústica. 

    As casas simples e a estrada de terra formam uma paisagem rústica com os encantos da  Serra da Mantiqueira que torna São Bento um destino perfeito para aquela viagem romântica.

    Os amantes de esportes radicais encontram opções para praticar rapel, escaladas, caminhadas, voo livre, entre outras atividades. 

    Os turistas podem, ainda, conhecer e comprar produtos do artesanato local. A Associação Arte no Quilombo é formada por 80 artesãos que usam palha de bananeira, sambentista, fruta cultivada na cidade, entre outros materiais.

    Já para quem quer se mudar com a família, a educação para as crianças têm uma média de 6,0. E para os adultos o salário médio é de R$1800,00, segundo o ibge.

    Santo Antônio do Pinhal 

    A estância climática Santo Antônio do Pinhal fica próximo a Campos do Jordão, no Vale do Paraíba.  Ela  pertence ao Circuito Turístico da Mantiqueira e devido a Serra de mesmo nome é considerada uma das mais belas do Brasil. 

    A cidade tem o nome decorrente das diversas espécies de araucárias que a cidade abriga, que em tupi-guarani significa “montanha que chora” ou “serra onde nascem as águas”.

    Para que você possa aproveitar, a cidade te proporciona acesso a diversas montanhas, picos, rios e vales. Os turistas veem no ecoturismo um dos pontos fortes. Não faltam opções também para os visitantes com espírito aventureiro, há atividades como escalada, rapel, arvorismo, trilhas, off-road, voo livre, entre outras. 

    A tradicional Festa do Pinhão, que acontece nos meses de maio a agosto, pegando o outono e o inverno, é ótima pedida para quem aprecia o fruto típico da região, além das barracas de comidas típicas, artesanato, apresentações e shows. 

    A cidade em 2011 foi noticia no G1, com o dado de que estava há 9 anos sem um assassinato, sendo um exemplo na segurança. 

    Além da segurança, muito parecida com São Bento do Sapucaí, a educação tem uma média de aproximadamente 6,0, e o salário médio é de R$1800,00, segundo o IBGE.

    Piraju 

    Um pouco mais distante da capital, do que as outras cidades citadas, Piraju fica a 340 km a oeste  da capital e próxima à fronteira com o Paraná. A cidade é conhecida por ser uma das principais produtoras de café do Brasil. 

    Foi considerada uma estância turística em 2016, por conta de sua beleza cercada pelo verde da Mata Atlântica e cachoeiras com quedas d’água com mais de 10 metros de altura. Para os aventureiros de plantão, a Cachoeira do Arco íris é o destino perfeito!

    Apesar de ser mais distante da capital, o salário médio é de 2 mil reais, com a educação em média 6,0, segundo o IBGE.

    Já pensou morar em Piraju? Conheça o “Alto da Bela Vista” ótima opção de moradia “ainda em desenvolvimento” na cidade.

    Itu

    A “Cidade dos Exageros”, como é chamada a cidade de Itu, é um local turístico diferente das demais, conhecida por apresentar no centro da cidade esculturas gigantes, onde é possível encontrar orelhão, lápis, semáforo e até caixa eletrônico maiores do que geralmente estamos acostumados. 

    Há aproximadamente 102 km da capital paulista, Itu abriga o importante Parque Geológico do Varvito. Além de contar com uma grande área verde que é bem aproveitada pelos hotéis fazenda da região. 

    A cidade é o local de trabalho de muitos que estão à sua volta. Muitas pessoas que residem em Sorocaba se deslocam até Itu, todos os dias para trabalhar, pois a cidade tem uma oferta de emprego ampla com a média salarial de R$2800,00. 

    Serra Negra

    Pertencente ao Circuito das Águas Paulista, essa estância hidromineral fica a 142 km da cidade de São Paulo e possui inúmeras opções de lazer, além do saudável clima de montanha e fontes de águas minerais com propriedades terapêuticas. 

    O título “Cidade da Saúde” foi devido à qualidade das águas minerais que há na Serra Negra, quem deu esse título foi o então Presidente da República Washington Luís.

    Com excelente infraestrutura, a cidade atrai turistas que vão em busca dos recursos naturais e hidrominerais e do reconhecido comércio de produtos em lã e linha (malharias), vestuário e acessórios em couro, enxovais, presentes e artesanatos diversos, com preços acessíveis.

    Serra Negra também possui um forte turismo de negócios, devido aos grandes centros de convenções e rede hoteleira impecável para receber eventos corporativos.

    Conheça as maravilhas do interior de SP no outono

    Neste outono não fique em casa sentado em seu sofá vendo os feriados prolongados passarem sem uma diversão. 

    Junte as crianças, seu cônjuge e até mesmo sua sogra e vá conhecer para o interior de SP no outono. Para aqueles que possuem carro, o destino mais distante, Piraju, fica aproximadamente a 4 horas da nossa capital. 

    Aproveite essa estação magnifica em cidades incríveis do interior de São Paulo, com muita segurança e tranquilidade para vocês e sua família. 

  • Botucatu: 5 motivos para morar na cidade

    Botucatu é um município do estado de São Paulo que tem seu nome derivado da língua tupi e apresenta dois significados diferentes: “bons ares, bons ventos” e “serra boa”. No dia 14 de Abril a cidade completou 167 anos de emancipação político-administrativa, veja abaixo alguns motivos para morar na cidade de Botucatu.

    Com uma população estimada de 149.718 pessoas segundo o IBGE em 2021, a cidade proporciona experiências incríveis como a visita ao museu do café, além de atividades mais radicais como o rapel. Para quem busca uma cidade mais tranquila, como Botucatu, morar na cidade interiorana é uma ótima opção. 

    Nesse texto iremos apresentar alguns benefícios proporcionados pela cidade, com cinco bons motivos para você se mudar. 

    Lançamento do Parque Cidade oferece lotes a partir de 200m² em Botucatu

    Empregabilidade em Botucatu, vale à pena morar na cidade? 

    A cidade grande tem o benefício de maior empregabilidade, e aqueles que anseiam por se mudar para o interior, mas têm o receio de não conseguir um bom emprego para sustentar sua família no novo lugar, botucatu irá te tranquilizar quanto a isso.  

    Agora com a possibilidade de home office, isso ficou mais fácil para ser administrado, mas para aqueles que ainda assim têm essa preocupação fique tranquilo, pois a média de salário mensal para trabalhadores formais está em torno de R$2,9, segundo a pesquisa feita pelo IBGE.

    Saúde

    Outra grande preocupação é a saúde, mas nas cidades interioranas essa preocupação é quase nula, pois o ar é mais limpo, o que melhora a qualidade de vida prolongando a vida. Para não dizer que é mito, a expectativa de vida em Botucatu é de 75 anos.

    Na cidade, há duas vegetações nativas: a Mata Atlântica e o Cerrado, sendo uma zona de transição entre elas. 

    Botucatu é cortada por duas bacias hidrográficas e abriga inúmeros pontos turísticos relacionados ao misticismo e à geologia local. O que melhora a saúde mental, sendo ótima para descanso e diversão.

    Segurança

    Morar em Botucatu é poder viver em uma das cidades mais seguras e bem-desenvolvidas em infraestrutura e capital humano, não só no estado de São Paulo, mas em todo o país.

    Segundo um estudo feito pelo Instituto da Paz, em 2018, Botucatu é o 32º município menos violento do Estado. Sendo uma das melhores cidades para criar seus filhos de forma mais segura. 

    Educação

    E por falar em filhos, aqueles que estão com as crianças em fase de aprendizagem, a educação é um ponto muito explorado quando se faz a escolha de um novo lugar para residir. 

    E assim como nos demais pontos, Botucatu não desaponta, pois é considerada o Terceiro melhor município da região para Educação, em 2021, pelo IBGE.

    Custo de vida em Botucatu. Vale à pena morar na cidade? 

    Mas tudo isso é a qual preço?

    Descubra aqui opções de moradia em Botucatu ainda em desenvolvimento e que vale à pena investir

    A dúvida de muitos é: “Ótima educação, ótima segurança, melhoria na qualidade de vida e empregabilidade, mas por haver pontos turísticos não é caro viver lá?”

    E a resposta para essa pergunta é NÃO! 

    Claro que hoje em dia tudo está muito caro, principalmente em cidades grandes e cidades turísticas, mas Botucatu está no ranking das melhores cidades do Brasil e, consequentemente do estado de São Paulo, para se viver. Isso se deve a diversos fatores, contudo, segundo pesquisa realizada pela Urban System, alguns dos principais são:

    • Capital humano;
    • Infraestrutura;
    • Desenvolvimento social.

    Outra curiosidade: A cidade está a 225km da capital São Paulo e apresenta um clima agradável, com invernos amenos e verões quentes. E como curiosidade, no ano de 1876, foi registrada ocorrência de neve.

    Com todos esses benefícios fica impossível não se apaixonar por essa cidade que dispõe de paisagens lindas, tranquilidade, turismo e inúmeras vantagens ao morar. Então, caso você esteja buscando por uma nova cidade para residir, não deixe de considerar Botucatu. 

  • 6 cidades do interior de SP para conhecer e fugir do agito da capital

    Quem não quer sair da bagunça da capital, da rotina estressante e da loucura do trânsito, não é mesmo?  Afinal, espairecer nunca é uma má ideia. As Cidades do interior de SP têm sido um refúgio para quem está na grande São Paulo e cidades similares que contam com esse tipo de agitação, principalmente por dispor de tranquilidade. 

    Além disso, a grande maioria tem pontos turísticos, onde é possível conhecer a cultura e a essência de cada cidade. Em algumas delas encontramos a mistura de praia e campo em um mesmo lugar. 

    Neste texto apresentaremos 6 cidades interioranas que vão te deixar encantado e louco para conhecer. 

    Cidades do interior de SP – Águas de Lindóia

    Não tem como falar em cidades do interior de SP e não comentar sobre Águas de Lindóia, a capital termal do Brasil.

    A famosa estância hidromineral que integra o Circuito das Águas Paulista fica a 163 km da capital Paulista. 

    Um ótimo lugar para relaxar em banhos com águas de rico potencial curativo, comprovado cientificamente por órgãos internacionais.

    Um extenso lençol freático proporciona a produção de água mineral potável, sendo responsável pelo fornecimento de 60% da água mineral do país. 

    A cidade tem ótima infraestrutura turística contando com um lugar belíssimo como o balneário municipal que oferece diversas opções de relaxamento para toda a família, entre elas banhos hidratantes e relaxantes, massagens e drenagem linfática. 

    Águas de Lindóia te proporciona a estátua do cristo redentor e hotéis fazenda de encantar. 

    Avaré

    A cidade de Avaré é conhecida pela praia de água doce, que forma um espelho d’ água, banhado pelas águas do rio Paranapanema. 

    Na praia, é possível praticar vários esportes aquáticos. O stand up, passeio de caiaque, mergulho, passeio de lancha, estão entre os vários esportes que podem ser feitos nas águas limpas de lá.

    Além da praia de água doce, em Avaré você encontrará a Floresta Estadual de Avaré, um lugar incrível e de grande biodiversidade. 

    O local conta com uma vasta quantidade de espécies de árvores raras, um gramado lindo que fica ao redor de uma represa que chama a atenção por conta de toda a preservação natural que há.

    Há também uma trilha educativa de 2,5 quilômetros, onde você conhecerá um pouco mais sobre a floresta.

    Boituva, a cidade do interior de SP dos esportes radicais

    A cidade dos esportes radicais fica a aproximadamente 117 km de São Paulo e tem atrações como o passeio de balão e o Centro Nacional de Paraquedismo.

    Ao amanhecer, o céu de Boituva fica repleto de balões coloridos, paisagem que é cartão-postal da cidade. O município é um verdadeiro paraíso para os amantes do balonismo e esportes radicais, característica responsável por atrair turistas de todos os cantos do estado. 

    Enquanto o passeio de balão é uma atração ideal para as famílias, os saltos duplos fazem a cabeça daqueles que buscam fortes emoções.

    Além das atrações principais listadas, por lá ainda é possível praticar trekking, tirolesa, cavalgadas, paintball e pesca. Para quem gosta de história, a cidade abriga o Museu do Tropeiro e o zoológico municipal, com espécies em perigo de extinção.

    Botucatu

    A Princesa da Serra e Cidade dos Bons Ares, como é conhecida Botucatu, fica a cerca de 200 km de São Paulo e proporciona aos seus visitantes contato com a natureza aliado a passeios radicais. 

    A cidade possui inúmeras cachoeiras, trilhas para ciclismo e formações rochosas ideais para escalada e rapel. A Cuesta de Botucatu é uma das áreas mais procuradas pelos turistas, já que nela é apresentada uma bela paisagem que rende lindas fotografias.

    Em meio a montanhas o visitante pode curtir escalada, canyoning e trekking, com destaque para o belo mirante da Pedra do Índio.

    Fundada em 1720, no início era chamada de Ybytu-Katu, que significa em tupi “bons ares”. Centenas de anos depois é pelos bons ares e a bela natureza que Botucatu atrai os turistas.

    Além da natureza, a cidade proporciona o Museu do Café, com detalhes históricos da cidade. 

    Lançamento do Parque Cidade oferece lotes a partir de 200m² em Botucatu

    Cerqueira César

    Cerqueira César é uma cidade no interior de SP, que tem como vizinhas Avaré. 

    Um dos locais mais conhecidos e procurados por turistas em Cerqueira César é a Represa de Jurumirim. Localizada no rio Paranapanema, esse ponto turístico possui cerca de 100 km de comprimento e até 3 km de largura em alguns trechos. 

    Seu reservatório possui aproximadamente 450 km quadrados de volume de água e atrai visitantes para diversas atividades de lazer, além de passeios de barco e pesca. 

    A represa também possui 12 cascatas e as mais conhecidas são: a Cachoeira do Macuco e as Quedas do Saltinho.

    Na Cachoeira do Macuco você poderá conferir um paredão de pedras com queda d’água que cai na represa. Um local constantemente visitado para apreciação da bela paisagem. Já a Cachoeira do Saltinho, forma uma piscina natural que também recebe diversos turistas.

    A cidade proporciona o Santuário Arquidiocesano de Santa Teresinha do Menino Jesus, trata-se da primeira igreja católica do mundo que passou por uma implosão, gerando repercussão mundial. 

    Itu

    A Cidade dos Exageros é um local turístico um tanto quanto curioso. Itu é conhecida por apresentar no centro da cidade esculturas gigantes, onde é possível encontrar orelhão, lápis, semáforo e até caixa eletrônico maiores do que geralmente estamos acostumados. 

    Fora os exageros e a boa gastronomia, com destaque para o famoso bife à Parmegiana, Itu abriga o importante Parque Geológico do Varvito.

    Além de contar com uma grande área verde que é bem aproveitada pelos hotéis fazenda da região. E tudo isso fica a aproximadamente 102 km da capital paulista. 

    Conheça os encantos das cidades do interior de SP

    Como você pode perceber, cada uma das cidades do interior de SP citadas tem suas particularidades. Suas diferentes atrações, que passam pela tranquilidade dos campos, as praias, represas, monumentos e esportes radicais, atendem a todo tipo de pessoas e objetivos. 

    E por falar em objetivos, apesar de serem diferentes entre si, todas elas têm três pontos  em comum: a tranquilidade, segurança e qualidade de vida. Perfeito para quem procura esse estilo de vida.

    Esses atrativos, inclusive, nos fazem pensar como seria viver em lugares assim. Se esse é o seu caso, apresentamos mais alguns benefícios das cidades do interior:

    • Custo menor de moradia; 
    • Melhor qualidade de vida;
    • Mais segurança e menor índice de criminalidade; 
    • Não possui trânsito; 
    • E as cidades estão se desenvolvendo.

    Sendo assim, podemos dizer que as cidades do interior são ótimas opções para quem procura um lugar tranquilo para morar ou deseja um destino diferente para as férias.

    Ficou curioso para conhecer mais das cidades do interior de SP? Acesse: https://www.mouraleite.com.br/loteamentos/ e conheça as opções de moradia.