Mês

maio 2022

  • O que é IPCA e como ele impacta no financiamento imobiliário?

    IPCA é a abreviação de Índice de Preços ao Consumidor Amplo, que é um dos índices de inflação mais tradicionais e importantes do Brasil. Ele tem como objetivo medir a variação dos preços de um conjunto de produtos e serviços vendidos no varejo e consumidos pelas famílias brasileiras.

    Sendo assim, o IPCA no financiamento imobiliário deve ser analisado constantemente, principalmente por aqueles que buscam por fazer uma Educação Financeira e também por aqueles que pretendem adquirir um imóvel, pois esse é o índice mais utilizado pelo banco no momento em que vai disponibilizar essa linha de crédito. 

    Portanto, se você deseja comprar um imóvel, é importantíssimo entender o que é IPCA e como ele influencia no financiamento imobiliário. Nesse artigo iremos esclarecer as coisas para você!

    Quer financiar um imóvel próximo a São Paulo? Conheça as opções de loteamentos da Moura Leite

    O que é IPCA?

    O IPCA é um índice que influencia em toda economia, incluindo suas Finanças Pessoais. De uma forma geral, o indicador tem como objetivo abranger 90% das pessoas que vivem nas áreas urbanas no país – e é justamente por isso que é chamado de “amplo”.

    Ele é calculado em duas fases. Primeiro o IBGE faz uma pesquisa dos preços cobrados em mais de 300 produtos e serviços. Na segunda fase os dados são agregados e um cálculo matemático é feito para definir qual é o peso de cada preço.O resultado dessa conta é o IPCA, uma espécie de termômetro da inflação, mas que é um índice econômico. 

    IPCA no financiamento imobiliário: Quais os impactos?  

    Desde 2019, o IPCA pode ser usado como taxa para financiamento do seu imóvel, Na prática, o uso do IPCA segue a mesma lógica do uso da TR: uma taxa prefixada de juros + variação do IPCA do ano.

    O que alterou foi a possibilidade de lidar com taxas de juros menores, então se na TR você tivesse uma taxa de juros de 8%, no IPCA você teria uma taxa de juros de 3%. 

    Outro ponto que também facilita é que a renda mínima exigida pelas credoras também é mais baixa.

    Apesar desses benefícios, o IPCA no financiamento imobiliário é muito mais mutável do que a TR, que ficou um bom tempo sem mudar, mas recentemente teve alterações. 

    IPCA no financiamento imobiliário: Saiba mais sobre o principal índice brasileiro de inflação 

    Afinal, o que é a TR e sua relação com o IPCA no financiamento imobiliário? 

    A Taxa Referencial, ou TR como é popularmente conhecida, é um índice financeiro que já funcionou como um parâmetro central para os juros praticados no Brasil. Apesar de não ser mais usada com esse objetivo, atualmente, a TR serve apenas como uma taxa de juros em diversas áreas, incluindo os financiamentos. 

    A TR também pode ter influência nos contratos de financiamentos imobiliários realizados pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH). Dessa maneira, todos os negócios realizados por essa modalidade precisam contar com juros fixos definidos pelo banco mais a TR.

    Ela serve para corrigir monetariamente o saldo devedor do contrato, sendo aplicada anualmente sobre as parcelas vincendas. Vale ressaltar que, até 2017, todos os contratos de financiamento também aplicavam a taxa referencial, sendo do SFH ou não.

    Agora que você tem conhecimento sobre as modalidades de IPCA e TR, vale a pena analisar o seu atual cenário financeiro e avaliar a constância da economia. E assim entender qual a melhor forma de financiamento que você pode adquirir.  

  • Conheça Avaré, a cidade da natureza no interior de SP

    Se você gosta da natureza, tranquilidade e outros aspectos das cidades do interior, conheça Avaré. A estância turística fica no interior de São Paulo, a 263 km da capital, fazendo divisa com algumas cidades como Botucatu, Iaras, Itatinga, Paranapanema e Cerqueira César. 

    Avaré é conhecida como a terra do verde, da água e do sol, e chama atenção pela Represa Jurumirim, pelas ruas arborizadas e pelos lagos ornamentais. Além de toda a beleza natural, a cidade tem como cartão postal a estátua do Cristo Redentor, localizada na Praça da Paz e construída pelo engenheiro Paulo Roberto da Silva. 

    Agora que você sabe alguns pontos importantes, arrume sua mala e embarque conosco para conhecer um pouco dessa cidade maravilhosa. Afinal queremos te mostrar toda a beleza de Avaré. 

    Conheça Avaré: Pontos turísticos  

    Represa Jurumirim

    Viajou para Avaré, a parada obrigatória é na represa Jurumirim. O ponto turístico mais procurado é dotado de 100 km de extensão, onde você pode nadar e aproveitar as águas limpas da represa rodeada pela mata nativa e quiosques.

    Horto Florestal 

    Se você ama relaxar, ver o pôr do sol e apreciar a natureza, o horto florestal precisa estar no seu itinerário. O horto florestal é o lugar perfeito para dar uma corrida ou fazer uma caminhada. Ele é composto por um belo lago e conta com alguns animais livres circulando, como tucanos, gansos e capivaras. Para aqueles que gostam é possível fazer trilhas e depois aproveitar as mesas no local para tomar um lanche.

    Praça da Paz

    Não tem como visitar Avaré e não ir conhecer o cartão postal da cidade. O local conta com um mini Cristo Redentor e uma paisagem incrível que proporciona uma vista panorâmica de toda a cidade. A praça é cenário para fotos lindas.

    Conheça outras opções de turismo em Avaré 

    Exposição Municipal Agropecuária de Avaré

    A EMAPA é um evento sazonal, que só acontece em dezembro. Ele reúne pecuaristas de todo o Brasil. A cidade que dedica atualmente 70% da área à pecuária, se tornou palco para esse importante evento. Além disso, o evento conta com diversos shows e atrações.

    Museu Histórico e Pedagógico Anita Ferreira de Maria

    Instalado em um prédio que foi construído, inicialmente, para abrigar a cadeia e o fórum da cidade, o museu possui um vasto acervo reunido pela fundadora do espaço, a poetisa e jornalista Anita Ferreira de Maria. Famílias tradicionais da cidade e da região também contribuíram com a história de Avaré e doaram algumas peças que ajudam a ilustrar a história do município.

    Se você gosta de passeios históricos, vale a pena conhecer esse lugar incrível. 

    Moradia em Avaré 

    Avaré também é um ótimo lugar para morar, considerada em uma pesquisa feita em 2020, umas das 40 melhores cidades brasileiras para se envelhecer, o município conta com locais para lazer, boa segurança, melhor qualidade de saúde e vida, pouco trânsito e uma cultura linda para ser apreciada. Além de toda a tranquilidade e área verde que as cidades do interior costumam ter. 

    Seja para viajar ou morar, Avaré é um ótimo destino para você e sua família. Venha criar memórias e aproveitar cada centímetro dessa cidade maravilhosa. 

    Fique atento, em breve a Moura Leite chega a Avaré. Enquanto isso, acesse o site e conheça loteamentos em outras cidades

  • 5 motivos para escolher um bairro planejado para morar com a família

    Pense em um local construído com total infraestrutura, ruas espaçosas e bem recapeadas, calçadas largas e sem desníveis, bom mecanismo de iluminação, sinalização, policiamento, segurança, vizinhança perfeita, bairro tranquilo, silencioso, confortável, com boa localização e de fácil acesso para tudo que precisar. Parece coisa de filme de Hollywood, não é mesmo?! Mas se trata da realidade de quem reside em um bairro planejado. 

    Mesmo que pareça coisa de filme, essas são algumas das exigências que estão sendo feitas por aqueles que buscam por um novo lar. O que faz com que os bairros planejados sejam a melhor escolha a ser feita analisando os benefícios que ele proporciona. 

    Se você ainda não está convencido disso, continue lendo esse artigo que conhecerá cinco bons motivos para você arrumar suas malas, chamar o caminhão de mudança e ir morar em um bairro planejado com toda a sua família.

    O que é um bairro planejado? 

    Os bairros planejados são um conceito do Novo Urbanismo, que busca desenvolver um espaço autossustentável e em sintonia com o meio ambiente. Mais do que projetos de incorporação ou loteamento, os bairros planejados são quase uma cidade dentro de uma cidade. Além disso, um bairro planejado valoriza a região em mais de 500%.

    Devido ao fato de ser um espaço projetado totalmente do zero, é possível observar uma certa padronização nas construções, além de uma centralização, que faz com que não seja necessário se deslocar até outras regiões da cidade para buscar por diversão, relaxamento, alimentação e etc. Eles abrigam tanto lotes residenciais quanto comerciais, assim como praças e espaços de lazer, com o conforto do estilo de vida de um condomínio fechado e a facilidade de ter tudo perto.

    Saiba mais aqui sobre o que é um bairro planejado

    5 vantagens de morar em um bairro planejado 

    1- Sustentabilidade 

    A questão da sustentabilidade é um dos pontos que merece destaque no bairro planejado. Apesar de estar na legislação, a sustentabilidade vem sendo uma preocupação constante da construção civil. O espaço é todo projetado levando em consideração o melhor aproveitamento dos recursos naturais disponíveis.

    Geralmente, há o uso otimizado da água e energia, havendo também uma preocupação com espaços de natureza que ajudem a promover a convivência e o bem-estar, equilibrando modernidade e aspectos naturais.

    Essas áreas também são bastante sustentáveis, com um amplo espaço verde que permitem um maior contato com a natureza e atividades relacionadas a ela, como corrida ou simplesmente curtir a tranquilidade do momento. No mais, é uma maneira ótima de possuir ainda mais qualidade de vida.

    2- Localização 

    Outro ponto que podemos ressaltar é a localização privilegiada em que se encontram os bairros planejados. Pensando sempre na praticidade para seus moradores, esses bairros tendem a se concentrar em locais com um rico comércio e acesso às escolas, hospitais e outras redes de serviços que possam ser necessárias. A ideia é que o morador não tenha que se deslocar muito longe para ter o que precisa.

    Além disso, geralmente os bairros planejados localizam-se perto de vias que facilitam a entrada a qualquer parte da cidade, e ainda estimulam a acessibilidade criando ciclovias, cooper vias expressas (vias para corrida) e acesso de pedestres.

    Em geral eles são projetados e construídos em pontos com alta probabilidade de desenvolvimento. 

    3- Segurança 

    Por morarmos em um país com alto índice de violência como o Brasil, a segurança também costuma ser um assunto exigido pelas famílias, ainda mais aquelas que têm crianças. E nos bairros planejados a segurança é um ponto de destaque, pois os espaços contam com uma atenção especial ligada à seguridade, para garantir que os moradores possam sentir tranquilidade transitando e vivendo em determinada área.

    Os bairros planejados são projetados para facilitar a implantação de sistemas de segurança humano e tecnológico completos, com iluminação adequada, rede de câmeras para monitoramento remoto em tempo real e rotina de rondas. As prefeituras já estão começando a fazer parcerias com as empresas que constroem esses empreendimentos para que a segurança seja interligada com sistemas de polícias militares e municipais.

    Morar em um bairro planejado costuma ser uma ótima opção justamente pela sua organização focar nas pessoas e na harmonia delas com os espaços que ocupam. Enfim, é uma forma de conquistar a qualidade de vida mesmo estando em um grande centro, por exemplo.

    4- Infraestrutura 

     Como quarto ponto, vamos trazer a vocês as vantagens da infraestrutura fornecida pelos bairros planejados. 

    Eles devem possuir toda a infraestrutura que os moradores precisam para viver ali e disponível em uma área residencial comum, como redes elétrica e telefônica, drenagem, instalação de água e esgoto. Uma empresa que tenha experiência em criar locais assim, sempre colabora com o crescimento urbano da região, preparando tudo para que o novo espaço tenha todas as condições para instalação de infraestrutura completa, a fim de que só depois de tudo pronto possa ser comercializada. E todo o processo de criação e estruturação é feito conforme a legislação manda. 

    Deste modo, para que os bairros planejados tenham boa infraestrutura, eles precisam contar com:

    • Um excelente sistema de drenagem e esgoto;
    • Abastecimento de água;
    • Redes elétricas e telefônicas;
    • Calçamento;
    • Nenhum tipo de problema na circulação de carros ou pessoas (inclusive visitantes).

    5- Custo  

    Outra grande vantagem de um bairro planejado, é que ele reúne características semelhantes a um loteamento fechado, mas sem as taxas mensais de condomínio. Diminuindo o custo de vida. 

    Além da isenção da taxa por não se tratar de condomínio, o preço para comprar um imóvel ou terreno em bairro planejado sai muito mais em conta do que comprar um imóvel pronto em bairros tradicionais ou condomínios. Por se tratar de grandes estruturas, e mesmo com toda a comodidade e benefícios do bairro planejado, o custo é dividido entre os espaços disponíveis para venda e o investimento fica muito baixo.

    Agora que você já conheceu algumas das várias vantagens que o bairro planejado te dá, não fique de fora e venha também fazer parte desse universo. Acesse o site da Moura Leite Loteamentos e conheça as opções em bairros planejados disponíveis para venda. 

  • Dicas para financiar um imóvel em 2022

    Se você está pretendendo comprar um imóvel neste ano, mas está com dúvidas e sem saber como fazê-lo. Acalme-se, pois nós iremos te ajudar nesse processo. Esse texto vai te trazer quatro dicas extremamente importantes, para aqueles que buscam financiar um imóvel em 2022.

    O sonho da casa própria, seja para investimento ou uso próprio, ainda é uma realidade em muitos cidadãos. E apesar dessa decisão parecer desesperadora, é possível sim comprar o tão sonhado imóvel, se organizar no financiamento e todos os outros gastos. 

    Venha conosco que te mostraremos como:

    4 dicas de como financiar um imóvel em 2022

    Organização e planejamento 

    Em todo o processo da compra é preciso muita cautela e atenção, sendo necessário deixar a emoção um pouco de lado e focar na razão.

    Com um olhar mais racional é essencial entender que antes de tomar uma decisão tão importante é vital fazer um planejamento. E para que esse planejamento venha ter êxito é indispensável a pesquisa. 

    É através da pesquisa que você conseguirá entender melhor o cenário que você vive e assim optar pela melhor opção. Então, busque por um imóvel que seja compatível com a sua renda. Hoje, já existem vários agentes financeiros que realizam esse tipo de serviço e que trabalham com variadas taxas de juros. Pesquise em diferentes instituições e identifique aquela que melhor atende às suas necessidades e ao perfil do imóvel que você deseja.

    Além da pesquisa, é preciso comparar as condições de financiamento, as taxas de juros, os prazos, tempo de aprovação, entre outros fatores.

    Depois de escolhido o financiamento e instituição financeira mais adequada para o seu perfil de compra, é hora de ficar atento ao valor do financiamento. O empréstimo não deve comprometer mais de 30% do seu orçamento. E lembre-se, se o imóvel financiado ainda estiver na planta, deve-se levar em consideração os custos com a moradia atual, como gastos com o aluguel, por exemplo.

    A análise cuidadosa do orçamento pessoal e familiar é fundamental. Identifique quanto da sua renda poderá ser comprometida durante o prazo do financiamento.

    E não se esqueça é necessário que a sua vida financeira esteja devidamente planejada. Isso inclui, o conhecimento quanto aos seus ganhos e sobre as despesas. Eles devem ser considerados, tanto nos quesitos de receitas e gastos fixos e variáveis.

    Após toda essa análise será preciso identificar as prioridades e cortar despesas desnecessárias. Após o corte, é possível criar estratégias para conseguir ganhar dinheiro extra. Com isso é possível fazer sobrar dinheiro no orçamento e, dessa forma, destiná-lo às economias para a compra do imóvel.

    Conheça algumas opções de loteamentos para financiar sem burocracia

    Identifique possibilidades de amortização e portabilidade de financiamento

    A amortização significa quitar um valor determinado de parcelas em menos tempo que o previsto inicialmente com redução no valor dos juros. E para quem recorre ao financiamento imobiliário, a opção de amortização de parte do valor do juros é uma opção.

    Já a portabilidade é a transferência da dívida inicial para outra instituição financeira. Esse processo pode ser realizado por qualquer Pessoa Física que já possua um contrato de Financiamento Imobiliário em alguma instituição financeira e que tenha sido aprovado pela análise da Instituição para qual deseja migrar o seu financiamento. 

    No geral, a portabilidade possibilita o acesso a juros menores e pode reduzir também o prazo total de pagamento e o valor das parcelas.

    Organização de documentação 

    A documentação para financiar um imóvel pode ser providenciada antes mesmo de ir ao banco. Mesmo que alguns documentos possam ser solicitados de acordo com cada instituição financeira, mas de uma forma geral, a documentação será bem parecida com o padrão exigido por todas as demais.

    Para ter acesso ao crédito imobiliário, você irá passar por uma análise criteriosa do seu histórico financeiro e também de outros documentos que comprovam se você está apto ou não a arcar com as parcelas do financiamento.

    Esses são os documentos básicos necessários para o financiamento imobiliário:

    • documento de identidade (RG);
    • CPF;
    • certidão de nascimento ou casamento;
    • comprovante de residência;
    • holerite mais recente;
    • carteira profissional;
    • imposto de renda;
    • extrato bancário.

    Sempre os tenha em mãos. Essa atitude pode otimizar o seu tempo agilizando a liberação do financiamento.

    Guarde dinheiro para entrada antes de financiar um imóvel em 2022

    Nossa quarta dica para financiar um imóvel em 2022 é poupar dinheiro para a entrada. As entradas nos financiamentos de imóveis costumam ser de 10% a 20% do valor total da compra. O restante, então, é pago depois da ocupação, em parcelas mensais.

    Pensando que os valores investidos em imóveis o pontapé inicial da compra depende da concessão de valores para garantir a entrada.

    Organize-se e poupe o valor necessário para a entrada, e igualmente, para encaixar as parcelas futuras dentro do seu orçamento.

    Entenda como funciona o financiamento de um imóvel em 2022

    O financiamento imobiliário é um tipo de empréstimo realizado com a finalidade específica de aquisição de imóveis. Esse recurso permite a compra do bem pelo consumidor, que depois paga a dívida em parcelas ao banco que concedeu o crédito, acrescidas de juros e correção.

    Ele é a modalidade de crédito com as taxas mais baixas do mercado e os prazos mais longos, de até 35 anos. Independente do bem ser novo, usado, comprado na planta ou em construção. As instituições financeiras em geral cobrem até 90% do valor.

    Nos últimos anos, o financiamento imobiliário se tornou uma das principais formas para aquisição da casa própria e esse procedimento ainda gera muitas dúvidas.

    Afinal, vale a pena financiar um imóvel em 2022?

    Com o aumento das taxas de juros, muitos se fazem essa pergunta: “ vale a pena financiar um imóvel em 2022”

    E a resposta é sim, ainda vale a pena financiar um imóvel, pois investir em propriedades significa segurança, patrimônio e a tão sonhada moradia!

    Por isso é recomendado fazer simulações em bancos. Assim é possível ver quais instituições oferecem as melhores taxas do crédito imobiliário de acordo com o seu perfil. 

    É através dessas simulações que é possível ter uma previsão das taxas de juros, seguros, amortização e dos valores das parcelas mensalmente. 

    Confira aqui 3 dicas de ouro que vão te ajudar na hora de financiar um imóvel

    Modalidades de Financiamento

    Outro detalhe muito importante para se atentar é justamente a modalidade de financiamento, se será pela TR, IPCA, ou Correção da Poupança.

    TR-Taxa Referencial é uma das taxas de juros mais importantes da nossa economia brasileira. Com os reajustes zerados desde 2017;

    IPCA- Modalidade é corrigida pelo índice da inflação;

    Correção da Poupança- modalidade com a correção utilizando o Ìndice da Poupança.

    Essas modalidades são baseadas em taxas diferentes para o seu financiamento; 

    Conclusão 

    Com isso, podemos ver que com planejamento, organização, pesquisa, economia e antecipação é possível financiar um imóvel em 2022.

    Apesar do custo ser alto, a tendência é os imóveis ficarem mais caros devido ao maior custo para as construtoras e incorporadoras produzirem com o alto custo das matérias-primas. segundo os especialistas.

    Portanto, se você possui uma oportunidade de comprar imóvel, aproveite o momento, mesmo que as condições das taxas de juros não sejam as melhores já apresentadas, não deixe seu sonho passar.

  • Telhas termoacústicas: Vale a pena colocar em sua casa?

    Você já conhece as telhas termoacústicas ou telhas sanduíches, como são conhecidas? Ela é um tipo de cobertura composta por chapa metálica, material isolante e chapa metálica. E tem ganhado cada vez mais o seu espaço no mercado. 

    É natural que no momento em que estamos buscando pelos materiais a serem colocados na construção surja a dúvida de qual deles é mais benéfico a longo prazo. Ainda mais se tratando de telhas que tem sua fama de esquentar os lugares.

    Para sanar essas dúvidas, nós vamos te contar aqui nesse texto quais os benefícios que as telhas termoacústicas tem para sua residência, então venha conosco!

    O que é uma telha termoacústica 

    A telha termoacústica é um dos 11 tipos de telhas disponíveis no mercado. Além de ser um revestimento para telhados, ela serve também como divisória e vedação em uma obra.

    Elas são compostas por duas telhas de metal (ou de fibra de vidro) e um material isolante, sendo esse, feito de poliestireno expansível (popularmente conhecido como isopor), poliuretano ou poliisocianurato. E foi por conta de seu formato, ficou conhecida como “telha sanduiche”.

    Elas são divididas em dois tipos: Simples e Dupla. As simples são mais baratas e podem ser confundidas com as telhas de zinco, pois seu revestimento é metálico de zinco e nela possui apenas uma folha fina de alumínio. Já as duplas, como já diz o nome, é composta por duas camadas de material metálico, o que as tornam um pouco mais caras do que as simples. 

    Conheça aqui outros modelos de telhas e suas vantagens e desvantagens em relação as telhas termoacústicas  

    Quais os benefícios?

    Conforto térmico e acústico

    A telha sanduíche, é uma das melhores opções para quem busca mais conforto térmico e acústico, pois elas proporcionam maior controle da temperatura no interior dos ambientes, assim como economia de energia com ar condicionado. 

    Sobre o seu funcionamento acústico, este é mais perceptível caso a casa não tenha laje ou forro. Essa diferença pode ser reparada quando é utilizada uma cobertura metálica simples, por exemplo, e uma chuva forte começa a cair, a casa pode ficar muito barulhenta. Então, as telhas sanduíches evitam esse tipo de barulho. 

    Vale ressaltar, que as telhas termoacústicas são, normalmente, encontradas na cor branca. Assim, por conta de sua cor, elas refletem boa parte da irradiação solar, o que diminui, de forma natural, a quantidade de calor absorvido.

    Personalização das telhas termoacústicas

    Outro benefício é a possibilidade de serem feitas sob medida, o que permite que elas sejam utilizadas de outra forma, como divisória e vedação. E pelo fato delas poderem ser feitas para um projeto específico, os ambientes podem ser pequenos ou grandes que dará certo da mesma forma. 

    Redução de custo, riscos e umidade

    Por conta dos materiais usados em sua criação e o benefício do isolamento térmico, as telhas sanduíches também ganham pontos com a redução de custos, pois o uso de ares-condicionados e ventiladores são reduzidos fazendo com que a conta de luz venha mais baixa.

    Outra vantagem é que elas têm ação retardante a chamas, reduzindo o risco de alastramento. E ao mesmo tempo que ela retarda o fogo ela não absorve água, reduzindo também a umidade.

    Saiba mais sobre as telhas termoacústicas e sua aplicação em diferentes tipos de projetos

    Afinal, vale a pena colocar telhas termoacústicas em casa?

    As telhas termoacústicas tem como sua característica principal a resistência, fazendo com que o custo-benefício dessas telhas seja uma vantagem a ser levada em consideração na hora da escolha do acabamento da cobertura de uma construção. 

    Isso porque elas aguentam naturalmente a exposição a diferentes intempéries e materiais e, assim, apresentam uma vida útil mais longa que outros materiais.Não se esquecendo que sua manutenção é simples, mas deve ser realizada periodicamente. 

    Então sim, vale a pena investir nessa cobertura que te dará mais conforto, privacidade e menos preocupação na hora da manutenção. Ao fazer um comparativo com as demais telhas que possuem no mercado, você verá que compensa pagar um pouco mais caro por um produto de qualidade para ter uma durabilidade ainda melhor!