Cidades do interior de SP para conhecer no outono

Em São Paulo, podemos encontrar lugares famosos para aproveitar cada época do ano. No verão, por exemplo, aproveitamos o litoral de São Paulo. No inverno vamos para  Campos do Jordão. Já na primavera Holambra é um destino tradicional. Enquanto isso, o interior de SP no outono é repleto de beleza. 

O interior de SP no outono traz sua beleza registrada em cidades como Santa Bárbara D’Oeste, São Bento do Sapucaí, Santo Antônio do Pinhal, Piraju, Serra Negra e Itu.

Nesse texto apresentaremos o que cada uma dessas cidades te proporcionam, desde pontos turísticos, apontando dados sobre segurança e valores e dando informações até mesmo para quem quer morar nessas cidades.  

Santa Bárbara D’Oeste 

Santa Bárbara D’Oeste é uma das cidades interioranas com maior destaque no outono. A cidade fica a cerca de 150 quilômetros da Capital e tem todo o charme de uma cidade do interior. 

A região conta com a influência norte-americana até os dias atuais. Essa influência pode ser vista nas festas organizadas pelo município em homenagem aos imigrantes do norte do continente.

A parada obrigatória que todo turista deve fazer ao visitar o município é o bairro rural Santo Antônio do Sapazeiro. Neste bairro, é possível apreciar a Igreja que leva o nome do santo, que sedia todos os anos a Festa do Padroeiro.

Nessa festa, inclusive, é possível experimentar as iguarias locais. Aproveite, também, para conhecer o Parque dos Ipês e o Parque dos Jacarandás.

Santa Bárbara foi considerada em 2020 pelo Instituto Sou da Paz, a cidade mais segura do estado de São Paulo, o que faz dela uma ótima opção para quem busca uma nova cidade para morar. 

Outro atrativo é que a cidade tem a nota 7,13 no Ideb, segundo dados de 2019. 

O mercado de trabalho se mantém aquecido e traz um cenário muito animador para quem deseja se mudar: o município está entre os que mais geram vagas de emprego no estado de São Paulo.

São Bento do Sapucaí 

A estância climática que fica a 185 quilômetros da capital paulista, é porta de entrada para a famosa Pedra do Baú, que conta com uma paisagem rústica. 

As casas simples e a estrada de terra formam uma paisagem rústica com os encantos da  Serra da Mantiqueira que torna São Bento um destino perfeito para aquela viagem romântica.

Os amantes de esportes radicais encontram opções para praticar rapel, escaladas, caminhadas, voo livre, entre outras atividades. 

Os turistas podem, ainda, conhecer e comprar produtos do artesanato local. A Associação Arte no Quilombo é formada por 80 artesãos que usam palha de bananeira, sambentista, fruta cultivada na cidade, entre outros materiais.

Já para quem quer se mudar com a família, a educação para as crianças têm uma média de 6,0. E para os adultos o salário médio é de R$1800,00, segundo o ibge.

Santo Antônio do Pinhal 

A estância climática Santo Antônio do Pinhal fica próximo a Campos do Jordão, no Vale do Paraíba.  Ela  pertence ao Circuito Turístico da Mantiqueira e devido a Serra de mesmo nome é considerada uma das mais belas do Brasil. 

A cidade tem o nome decorrente das diversas espécies de araucárias que a cidade abriga, que em tupi-guarani significa “montanha que chora” ou “serra onde nascem as águas”.

Para que você possa aproveitar, a cidade te proporciona acesso a diversas montanhas, picos, rios e vales. Os turistas veem no ecoturismo um dos pontos fortes. Não faltam opções também para os visitantes com espírito aventureiro, há atividades como escalada, rapel, arvorismo, trilhas, off-road, voo livre, entre outras. 

A tradicional Festa do Pinhão, que acontece nos meses de maio a agosto, pegando o outono e o inverno, é ótima pedida para quem aprecia o fruto típico da região, além das barracas de comidas típicas, artesanato, apresentações e shows. 

A cidade em 2011 foi noticia no G1, com o dado de que estava há 9 anos sem um assassinato, sendo um exemplo na segurança. 

Além da segurança, muito parecida com São Bento do Sapucaí, a educação tem uma média de aproximadamente 6,0, e o salário médio é de R$1800,00, segundo o IBGE.

Piraju 

Um pouco mais distante da capital, do que as outras cidades citadas, Piraju fica a 340 km a oeste  da capital e próxima à fronteira com o Paraná. A cidade é conhecida por ser uma das principais produtoras de café do Brasil. 

Foi considerada uma estância turística em 2016, por conta de sua beleza cercada pelo verde da Mata Atlântica e cachoeiras com quedas d’água com mais de 10 metros de altura. Para os aventureiros de plantão, a Cachoeira do Arco íris é o destino perfeito!

Apesar de ser mais distante da capital, o salário médio é de 2 mil reais, com a educação em média 6,0, segundo o IBGE.

Já pensou morar em Piraju? Conheça o “Alto da Bela Vista” ótima opção de moradia “ainda em desenvolvimento” na cidade.

Itu

A “Cidade dos Exageros”, como é chamada a cidade de Itu, é um local turístico diferente das demais, conhecida por apresentar no centro da cidade esculturas gigantes, onde é possível encontrar orelhão, lápis, semáforo e até caixa eletrônico maiores do que geralmente estamos acostumados. 

Há aproximadamente 102 km da capital paulista, Itu abriga o importante Parque Geológico do Varvito. Além de contar com uma grande área verde que é bem aproveitada pelos hotéis fazenda da região. 

A cidade é o local de trabalho de muitos que estão à sua volta. Muitas pessoas que residem em Sorocaba se deslocam até Itu, todos os dias para trabalhar, pois a cidade tem uma oferta de emprego ampla com a média salarial de R$2800,00. 

Serra Negra

Pertencente ao Circuito das Águas Paulista, essa estância hidromineral fica a 142 km da cidade de São Paulo e possui inúmeras opções de lazer, além do saudável clima de montanha e fontes de águas minerais com propriedades terapêuticas. 

O título “Cidade da Saúde” foi devido à qualidade das águas minerais que há na Serra Negra, quem deu esse título foi o então Presidente da República Washington Luís.

Com excelente infraestrutura, a cidade atrai turistas que vão em busca dos recursos naturais e hidrominerais e do reconhecido comércio de produtos em lã e linha (malharias), vestuário e acessórios em couro, enxovais, presentes e artesanatos diversos, com preços acessíveis.

Serra Negra também possui um forte turismo de negócios, devido aos grandes centros de convenções e rede hoteleira impecável para receber eventos corporativos.

Conheça as maravilhas do interior de SP no outono

Neste outono não fique em casa sentado em seu sofá vendo os feriados prolongados passarem sem uma diversão. 

Junte as crianças, seu cônjuge e até mesmo sua sogra e vá conhecer para o interior de SP no outono. Para aqueles que possuem carro, o destino mais distante, Piraju, fica aproximadamente a 4 horas da nossa capital. 

Aproveite essa estação magnifica em cidades incríveis do interior de São Paulo, com muita segurança e tranquilidade para vocês e sua família.