Aprenda a usar as cores para ambientar os cômodos da sua casa

Colorir um ambiente pode parecer tarefa fácil, mas algumas regras e combinações são essenciais para aproveitar ao máximo o que você quer transmitir com cada espaço. As cores influenciam em diversos aspectos do nosso cotidiano: podem mudar o nosso humor, refletir nossa personalidade, incitar uma sensação, etc.

Dentro de casa não é diferente. A cor de cada cômodo pode transformá-lo radicalmente. Por isso, a dica é que a escolha pelo tom correto seja feita somente após um bom planejamento.

Harmonia

É preciso considerar as finalidades de cada ambiente e colori-los de acordo com elas. A harmonização pode ocorrer de diversas formas: podem-se usar vários tons da mesma cor; cores em comum, como vermelho e laranja; cores que se complementam, como o roxo e o amarelo, entre outras opções. Uma grande dica é se deixar guiar pelo Círculo Cromático (figura abaixo) e entender as suas variações.

Efeitos

A aplicação de uma cor em determinado cômodo da casa pode causar alguns efeitos específicos, como o alongamento, o encurtamento e aumento do espaço. Se a sua intenção é ampliar a ideia de tamanho, opte por tons mais claros e neutros, como o branco, palha e o bege. O piso é outro ponto crucial. Nos espaços pequenos, escolha rodapés mais simples e combine-os de acordo com as paredes.

Sensações

Como dito, cada cor incita uma sensação, seja ela positiva ou negativa. Por isso é preciso saber o que cada cômodo pretende transmitir para dar a ele o tom mais adequado. Nos quartos, foi comprovado por meio de um estudo que a cor azul pode contribuir para um sono tranquilo e com mais qualidade.

No escritório, cores quentes, como o amarelo, motivam e estimulam a criatividade. Já para tarefas mais metódicas, é recomendado o uso de nuances frias e claras, que fazem pensar com calma.

No banheiro, o uso de tons claros, como o branco, o rosa e até mesmo o verde claro, ajudarão na renovação das energias e na sensação de pureza, limpeza e iluminação. Na cozinha, o ideal são as cores vibrantes, como o vermelho e o laranja, que estimulam o apetite. Mas há também a opção do branco, que destaca a limpeza e deixa todo o protagonismo para as cores dos pratos.

Na sala de estar, o grande objetivo é transmitir conforto, por isso, a indicação  dos tons neutros, como o champanhe e o bege, são as melhores escolhas, pois transmitem a impressão única de aconchego e acolhimento.

Ainda está na dúvida? Dê seu toque especial e siga sua intuição, afinal, a casa é sua.