Saiba como ter uma mini horta em casa

É notável que os imóveis atuais são cada vez mais compactos. Com menos espaço nas residências ou apartamentos, os quintais e jardins são subtraídos, o que pode ser um desafio para quem prefere consumir alimentos mais naturais e frescos produzidos em casa. Entretanto, diversas técnicas
desenvolvidas no âmbito da jardinagem e plantação permitem que você tenha seu próprio jardim ou horta, até mesmo dentro de um apartamento.

As hortas verticais são indicadas para lugares que dispõe de espaços reduzidos. As hortas ou jardins verticais ficam suspensos na parede, prateleiras, ou suportes que você desejar.

Uma boa ideia para esse tipo de atividade foi desenvolvida por um projeto da Biossistec Jr da USP de Pirassununga, que criou uma horta vertical com a utilização de canos de PVC. Foram feitos furos de mais ou menos três polegadas no cano e furos menores na parte inferior, apenas para drenagem. As laterais do cano podem ser fechadas com uma garrafa PET.

Encha todo o cano com terra e adubo e plante as mudas ou sementes, cada uma em um furo. Você também pode usar garrafas PET, seguindo a mesma linha de manejo. Se preferir, é possível utilizar ainda vasos próprios para o plantio e se preocupar apenas com a suspensão deles.

Caso você disponha de pouco espaço, mas possua um local no chão, uma opção é fazer uma mini horta. Deixe a terra do local onde você pretende montar a horta bem solta e fofa e misture um composto orgânico. Se for plantar mudas, deixe dois palmos entre cada uma; no caso de sementes, misture-as
com areia e espalhe com a mão sobre o canteiro de maneira uniforme.

É importante que as hortas fiquem, de preferência, em algum local que receba luz do sol pelo menos quatro horas por dia e irrigue uma ou duas vezes por dia. Outra dica é optar por espécies que têm mais facilidade de cultivo. No caso de hortaliças a rúcula, em qualquer época do ano; assim como ervas de
manjericão, hortelã e alecrim.