Telhado claro ou escuro – entenda as diferenças na hora de escolher

Branco, cinza, grafite, marfim, bordô, azul, verde…

As cores estão por todos os lados. Na construção civil não é diferente. Nos últimos tempos elas chegaram até os telhados e permaneceram. Hoje, é possível diversificar e deixá-los bem diferentes dos tradicionais marrons. Mas como fazer essa escolha? A cor interfere em algo? 

Antes de escolher a cor, é preciso verificar qual o material, formato e inclinação das telhas. Tudo isso para ter maior durabilidade do seu telhado e evitar possíveis problemas. Apenas após essa definição escolha as cores. 

Esteticamente, opte pelas telhas que combinem e fiquem em harmonia com as demais cores da edificação. 

Fique atento quanto ao material utilizado e a durabilidade da cor. 

Escolha as cores que te proporcionem benefícios, cores claras, por exemplo, refletem o calor e deixam a casa mais fresca e clara, dessa forma, você consegue economizar na energia elétrica e utilizar menos o ar-condicionado e ventiladores. Se morar em uma região fria, as cores escuras podem te auxiliar mais, já que absorvem o calor, mantendo os locais mais quentes. 

Pense em qual mensagem deseja passar. As cores escuras diminuem o ambiente, enquanto as claras aumentam. 

Lembre-se que quanto mais claras, mais a necessidade de manutenção e limpeza. 

Se você gosta de ousar e quer apostar em cores vibrantes nos telhados, opte por cores neutras nos demais elementos e tenha consciência de que o telhado será a referência da casa.